Mitos & Verdades

Conheça alguns mitos, verdades e crendices com relação à saúde ocular.

O uso excessivo do computador ou leitura prolongada poderá prejudicar a visão?
Falso. O uso de computadores ou videogames não prejudicará sua visão. Na verdade qualquer atividade que exija longos períodos de concentração faz com que diminua a frequência do piscar, com isto, o filme lacrimal presente na superfície do olho evapora mais rapidamente e isto causa a sensação de ardência e cansaço causando o "olho seco".

Para evitar isso seguem algumas dicas:
  1. Façar pausas e olhe para objetos distantes;
  2. Mantenha o monitor a uma distância mínima de 60 cm;
  3. Considere o uso de lágrima artificial se for o caso;
  4. Mantenha a altura do monitor alinhado com seus olhos, nem muito abaixo e nem muito acima.
  5. Prefira telas de LCD (que possuem melhor taxa de repetição) a monitores com CRT (tubo).
  6. Se você usar luminária para leitura, recomenda-se, que o foco de luz esteja direcionado para a página do livro ou revista, com isso evita-se a formação de sombras.
  7. Nas luminárias, prefira lâmpadas incandescentes (luz amarela) ou de LED, por terem tons mais aconchegantes. Recomenda-se que as luzes incandescentes tenha potência de até 60 W, e as de LED, de até 10W.
Comer cenoura melhora a visão?
Falso. As cenouras são ricas em vitamina A, essencial para a visão, mas muitos outros alimentos também contêm essa vitamina. Uma dieta bem equilibrada, com ou sem cenoura, fornece toda a vitamina A necessária para uma boa visão.

O leite materno cura a conjuntivite?
Falso. Apesar de ser rico em anticorpos, somente colírios devem ser usados nos olhos do bebê, pois existem certos tipos de conjuntivite neonatais que são potencialmente graves, como a conjuntivite gonocócica e, desta forma o uso adequado de antibióticos é fundamental.

Ler com pouca luz é prejudicial à visão?
Falso. A baixa iluminação não irá prejudicar sua visão mas poderá causar fadiga. Durante séculos, toda leitura e costura eram feitas à luz de velas, com lâmpadas a gás ou querosene e isso não prjudicam a visão da população aquela época. No entanto, uma boa iluminação torna a leitura mais fácil e confortável.

Olhar diretamente para o sol prejudica a visão?
Verdade. Olhar diretamente para o sol poderá trazer diversas consequências a curto e longo prazo, tais como: fotoceratite, queimadura macular, pterígio, pinguéculas, catarata e DMRI (degeneração macular relacionada à idade).

As crianças com estrabismo "olho torto ou popularmente chamadas de vesgas" melhoram com o tempo?
Sim. O estrabismo infantil é algo comum devido ao sistema visual imaturo; entretanto, é uma doença que tem cura, desde que se procure um oftalmologista para iniciar o tratamento.

Assistir televisão muito próximo prejudica a visão?
Falso. As crianças podem focalizar uma imagem a curta distância muito mais fácil que os adultos, é o que chamamos capacidade acomodativa e não há evidência de que isso prejudica os nossos olhos. Entretanto, um exame oftalmológico se faz necessário para afastar casos de erro refracional, principalmente a miopia.

Ler num veículo em movimento pode fazer mal a visão?
Falso. Ler durante um trajeto de ônibus, carro, trem ou avião não prejudica a visão. Algumas pessoas acreditam que isto poderá causar descolamento de retina, o que não é verdade. Esse tempo pode ser bem utilizado sem problemas para leitura ou trabalho. O que pode ocorrer é a cinetose ou doença do movimento, que é um tipo de vertigem que pode causar enjoo e mal estar.

As pessoas mais idosas que percebem que estão enxergando melhor para perto sem os seus óculos podem estar desenvolvendo uma catarata?
Verdade. Indivíduos mais velhos que usam óculos para leitura, com o tempo, encontram-se capazes de ler sem óculos e acham que sua visão está melhorando. Na verdade, existe um tipo de catarata chamada nuclear que melhora a visão de perto e piora a visão à distância. É a falsa sensação de melhora.

A catarata deve estar "madura" para ser operada?
Falso. A moderna cirurgia de catarata está indicada quando começa a interferir no estilo de vida da pessoa. Não se espera mais “amadurecer” para removê-la cirurgicamente. Se você não conseguir ver bem o suficiente para realizar as coisas que você gosta ou precisa fazer, deve considerar a cirurgia de catarata. A cirurgia é a única forma de remover uma catarata.


Somente os meninos podem ser daltônicos. Falso. Estima-se que até 8% dos meninos têm algum grau de daltonismo, enquanto as meninas, menos de 1%.